Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos do Hospital de Seia privilegia contacto telefónico

A Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos (ECSCP) do Hospital de Seia (ULS Guarda), no contexto de contingência relacionado com o Covid-19, «continua a assegurar a prestação de cuidados paliativos, privilegiando neste momento a consultoria telefónica», refere em comunicado

«Desta forma, e segundo as orientações das autoridades de saúde, pretende-se evitar a deslocação dos doentes e famílias ao hospital, prevenindo potenciais contágios. A gestão da ECSCP foi reorganizada de forma a reforçar os contactos telefónicos já habituais, de forma a garantir o controlo sintomático e o efectivo apoio aos doentes e famílias nos seus domicílios, contribuindo para um maior sentimento de segurança, neste momento histórico de incerteza».

Refere ainda que em situações devidamente avaliadas, a ECSCP «fará as visitas domiciliárias estritamente necessárias para que o doente e família se mantenham no domicílio. No decorrer destas intervenções e criteriosa avaliação, poderá ainda justificar-se recorrer ao internamento na Unidade de Cuidados Paliativos do Hospital de Seia».

Desta forma, perante este grave problema de saúde pública, «a ECSCP vai de encontro ao compromisso nacional e mundial de contenção desta pandemia».

%d bloggers like this: