Tenreiro Patrocínio está solidário com Câmara de Seia mas espera plano para a área económica

Vereador da Câmara de Seia enaltece trabalho de muitos profissionais no dia a dia dos cidadãos

Tenreiro Patrocínio, vereador da Câmara Municipal de Seia, aplaude as medidas tomadas pela autarquia no combate à pandemia da Covid-19 e aguarda pelo anúncio de apoios destinados ao comércio e indústria.

O vereador eleito pelo movimento Juntos pela Nossa Terra (JPNT) refere em declarações ao PORTA DA ESTRELA que a autarquia «tem vindo a tomar as medidas correctas que a situação exige, tomando-as também no momento oportuno».

«Tem tomado medidas preventivas, antecipando possíveis situações mais gravosas, o que me parece ser a conduta adequada. Aliás, tal atitude contrasta com o ziguezaguear constante das entidades com responsabilidades distritais, as quais, seguindo o exemplo das nacionais, se têm mantido apenas a gerir a crise, num “navegar à vista”, alterando sistematicamente as suas estratégias e opiniões, o que causa obviamente maiores dificuldades a quem no terreno está mais próximo dos cidadãos, ou seja às autarquias».

Tenreiro Patrocínio, que tem acompanhado «de perto» a evolução de toda esta problemática do novo coronavírus no concelho, mantendo um «contacto próximo e frequente» com o presidente da Câmara Municipal, entende como «correctas» as medidas tomadas pela autarquia, sendo com ela «solidária», esperando e desejando que a estratégia delineada «não venha sequer a ser, na sua totalidade, necessária. Esta é uma das tais situações em que é preferível uma atitude preventiva de investir um pouco mais, mesmo que no final se tenha mostrado desnecessário, do que não o fazer e andar à pressa a remediar o que devia ter sido feito», salienta.

Apesar de a salvaguarda de vidas humanas e o combate à doença ser agora a principal prioridade, refere que na última reunião de Câmara, que decorreu através de videoconferência, transmitiu ao executivo municipal a necessidade de se traçar um plano para a área económica, que «venha a ajudar na recuperação do tecido empresarial e comercial, com apoios ao comércio e indústria, de modo a que os efeitos pós Covid-19 não tenham para o nosso concelho consequências ainda mais nefastas do que aquelas que a doença/epidemia propriamente dita tem provocado».

«Espero que no momento próprio a Câmara Municipal analise e proponha medidas reais, concretas e objectivas, de apoio às famílias e aos agentes económicos locais, de modo a poderem ser ultrapassados todos os constrangimentos que seguramente vamos todos sofrer», disse.

Agradecimento a todos os que estão na linha da frente

Tenreiro Patrocínio aproveita para reconhecer e agradecer a todos aqueles que se encontram, no terreno, a dar tudo para combater esta pandemia. «Refiro-me concretamente aos senhores médicos, enfermeiros, auxiliares, a todos os demais que exercem funções nas instituições de saúde, aos bombeiros e forças de segurança, porquanto estão na primeira linha de combate à doença, palavra essa de agradecimento e reconhecimento também extensível aos profissionais das IPSS, que no nosso concelho tão bem têm lidado com esta grave situação, extensível igualmente a algumas outras profissões, que não se dando tanto por elas são indispensáveis no dia a dia, destacando, de entre outros, os funcionários da autarquia, os funcionários bancários, os funcionários dos estabelecimentos de venda de produtos alimentares, os respectivos produtores e os motoristas».

O vereador do movimento JPNT dirige também uma palavra de agradecimento e reconhecimento «para todos aqueles, cidadãos individuais, empresários e empresas que aqui na nossa terra dão, para o mundo, um exemplo de solidariedade, altruísmo e preocupação com o próximo, ao afectarem os seus recursos e a sua actividade ao fabrico de máscaras, viseiras e outros equipamentos de protecção, disponibilizando-os gratuitamente a quem deles necessita. Um grande exemplo que a nossa gente dá ao mundo e do qual nos devemos orgulhar», destaca.

Por fim, dirige uma palavra de esperança no futuro. «Acreditamos no valor da nossa terra, na coragem e capacidades da nossa gente, e por isso estou certo que todos juntos ultrapassaremos este difícil momento».

%d bloggers like this: