Festival CineEco promove sessões “online” com filmes da edição de 2019

O Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela – CineEco vai promover, em Maio, sessões “online” de filmes exibidos na edição de 2019 e a campanha “Dê uma segunda oportunidade ao planeta”.

«Durante este período de pandemia, que nos convida a encontrar alternativas que tornem o cinema ambiental acessível a todos, o festival CineEco – Seia vai promover, durante o mês de Maio, sessões “online” de curtas-metragens apresentadas na 25ª edição, realizada em 2019», refere em comunicado a organização do festival que se realiza anualmente na cidade de Seia.

Segundo a fonte, durante a iniciativa “Fique em casa. Fique com o CineEco” serão exibidas «mais de 30 curtas [metragens] das competições Internacional e de Língua Portuguesa, em sessões abertas às terças e sextas-feiras e que podem ser visualizadas nas páginas do “Youtube” e “Facebook” do festival», de acordo com um programa que foi previamente definido.

“Um de nós” (Rússia, 2018), “Aquametragem” (Portugal, 2018), “Pagar a promessa” (Portugal, 2018), “Na capa” (Irão, 2018), “O malabarista (Brasil/Portugal, 2018), “Tempo profundo” (Noruega/Portugal, 2018), “Bem-vindo à sexta extinção” (Itália, 2018), “Amargo rio doce” (Brasil, 2019), “O rapaz que parou de respirar (Itália, 2019), “17 dias de Maio (Canadá, 2018), “Wildlings” (Portugal, 2018), “A criação do mundo (México, 2019) e “Depois do fogo” (EUA, 2019), são alguns dos filmes a exibir pelo CineEco nas plataformas digitais.

As curtas-metragens divulgadas na programação “Fique em casa. Fique com o CineEco” ficarão disponíveis “online” até ao final de Maio.

A organização adianta que o festival também promove nas redes sociais a iniciativa “Dê uma segunda oportunidade ao Planeta” (#giveearthasecondchance), para garantir que não se ignore «o que ficou visível para todos nestes tempos de pandemia».

«O confinamento a que estamos obrigados deixou exposta a real dimensão do impacto da nossa aatividade no planeta. Em 15 dias de paragem, o céu ficou mais azul, o ar mais respirável, a água mais transparente e as paisagens visíveis. É óbvio que não podemos continuar parados, mas também não podemos viver como vivíamos. É hora de darmos uma segunda oportunidade ao planeta e, por consequência, a nós também», refere a fonte.

A iniciativa «pretende despertar consciências e alertar para a importância de mudanças de paradigmas, para uma vida mais saudável e sustentável no planeta», remata.

O CineEco, uma iniciativa do município de Seia, tem a decorrer o prazo para a inscrição de filmes de todo o mundo, para a edição de 2020, com data marcada para decorrer de 10 a 17 de Outubro.

%d bloggers like this: