Câmara de Gouveia iniciou “Plano de Desconfinamento Municipal”

A Câmara Municipal de Gouveia reabriu alguns serviços municipais com fixação de lotação máxima, obrigação de aguardar vez no exterior dos edifícios e uso obrigatório de máscara.

O município de Gouveia, presidido por Luís Tadeu, anunciou em comunicado que começou segunda-feira a implementar o seu “Plano de Desconfinamento Municipal”.

A medida é justificada, considerando, em termos nacionais, a aprovação pelo Conselho de Ministros do plano de transição do estado de emergência para o estado de calamidade (que entrou em vigor no domingo) e da estratégia de levantamento de medidas de confinamento no âmbito do combate à pandemia da Covid-19.

O início do “Plano de Desconfinamento Municipal” de Gouveia é ainda fundamentado por, a nível local, não se verificarem, pelo oitavo dia consecutivo, novos casos de infecção por Covid-19 e pela «necessidade de reabrir o atendimento ao público de alguns serviços municipais que poderão dar resposta a algumas das necessidades mais urgentes e imediatas dos munícipes».

Segundo a nota, a primeira fase do “Plano de Desconfinamento Municipal” irá significar a reabertura de alguns serviços municipais, como a recepção do município de Gouveia, o Balcão Único e o Gabinete de Inserção Profissional (GIP) no horário habitual de atendimento (das 09:00 às 14:00 e das 14:00 às 17:30).

A reabertura destes serviços irá decorrer, no entanto, com a observância de «algumas medidas de segurança», como a fixação de uma lotação máxima dentro dos serviços (um munícipe de cada vez na recepção do município de Gouveia e no GIP e dois no Balcão Único) e a obrigação de os munícipes aguardarem a vez no exterior dos edifícios.

Outras medidas aplicadas pela autarquia de Gouveia contemplam o uso obrigatório de máscara (para funcionários e munícipes) e a manutenção do distanciamento social, durante o atendimento e nas filas de espera.

%d bloggers like this: