Seia investe 3,5 milhões de euros em pavimentações nas estradas do concelho

Estradas municipais vão ser requalificadas

Estradas municipais vão ser requalificadas

A Câmara Municipal de Seia tem alocada uma verba de 3,5 milhões de euros para intervenções na rede rodoviária municipal em todo o concelho.

A autarquia aprovou na última reunião de Câmara a abertura de concurso público para a elaboração de projectos de urbanização e requalificação rodoviária de várias estradas no concelho. Com o valor base de 90 mil euros, os projectos vão incidir sobre a estrada em Vodra, da EM 522-4 (Arrifana), da EM 522-2, entre Santa Marinha e Pinhanços, e da EM 502-2, que liga a EN231 à Lapa de Tourais e Lajes. Os projectos das quatro estradas têm que estar prontos dentro de quatro meses e a execução das obras ronda os dois milhões de euros.

Além da execução dos projectos que a Câmara agora abriu concurso, os serviços da autarquia têm outros projectos em carteira, estando alguns praticamente prontos, como por exemplo a intervenção nas estradas entre Santa Eulália e Várzea de Meruge e Carragozela a Várzea de Meruge.

A autarquia aprovou também a abertura de concurso para a beneficiação de passeio na Avª Luís Vaz de Camões, em Seia, junto ao Edifício Jardim I, no entroncamento com a rotunda do Tribunal (49.997,80 euros), para a requalificação do arruamento de acesso ao Estaleiro Municipal – Pólo II (59.687,38 euros) e trabalhos de requalificação e promoção da mobilidade em Seia, São Romão e Vila Chã (34.941,10 euros).

Foi ainda aprovada a execução do projecto de estruturas viárias em Sandomil, Teixeira de Baixo, Corgas e Cabeça (60.000 euros), a aquisição de serviços para a manutenção do relvado do Estádio Municipal de Seia (25.200 euros) e adjudicada, por 19.444,91 euros, a empreitada de reparação pontual da pista principal do Aeródromo da Serra da Estrela, onde foi detectada no ano passado uma «deformação» que levou à saída de Seia dos meios aéreos pesados de combate a incêndios florestais.

A Câmara Municipal de Seia aprovou ainda na última reunião de Câmara, que decorreu por videoconferência, o documento de Prestação de Contas referente ao ano de 2019, que obtiveram um resultado líquido de aproximadamente dois milhões de euros.

Foi também aprovado por maioria a utilização do saldo de gerência de 2019 (1.743.297,83 euros), o Relatório de Sustentabilidade do Município de Seia referente ao ano de 2019, assim como a primeira revisão ao Orçamento e Grandes Opções do Plano 2020, reforçando verbas e medidas para o combate à pandemia da Covid-19.

%d bloggers like this: