Covid-19: Seia regista 11 casos mas 8 já estão recuperados

O concelho de Seia mantém o total de 11 casos de Covid-19, oito estão recuperados e dois doentes continuam com infecção activa, revelou o presidente da Câmara Municipal.

Dos 11 doentes referenciados pela Unidade de Saúde Pública da Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda, oito já tiveram alta, um encontra-se internado e outro aguarda por novo teste para despistar a sua situação. Há a lamentar a morte de Aurora Boto, de 78 anos, que fazia hemodiálise.

O Relatório de Situação da ULS da Guarda refere que «existem casos reportados que actualmente residem fora dos concelhos de registo». No que ao concelho de Seia diz respeito, um mora na Covilhã e outro em Lisboa.

Ultimamente tem surgido um «desfasamento» dos números entre a Direção-Geral da Saúde (DGS) e a Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda. A diferença de dois casos «trata-se de um erro», referiu Carlos Filipe Camelo. No primeiro trata-se de um utente que esteve internado na Unidade de Cuidados Continuados do Hospital Nossa Senhora da Assunção, «e não tem nada a ver com o nosso concelho», e o outro caso referenciado na plataforma da DGS diz respeito a um utente «que testou negativo», refere o autarca.

O distrito da Guarda regista 16 mortos associados à Covid-19 e 229 infectados, indica o Relatório de Situação da Unidade de Saúde Pública da Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda. As mortes ocorreram em Foz Côa (8), Gouveia (5), Pinhel (2) e Seia (1).

De acordo com o relatório, que reporta casos até às 17 horas desta terça-feira, das pessoas infectadas, quatro estão hospitalizadas, das quais uma na Unidade de Cuidados Intensivos, e 188 foram dadas como recuperadas. Há 21 casos no domicílio e três com alta para vigilância clínica.

O concelho com mais casos acumulados é Vila Nova de Foz Côa (92), seguindo-se Pinhel (32), Gouveia (23), Guarda e Trancoso (22) e Seia (11). Com 8 casos de infecção encontra-se o concelho de Celorico da Beira, seguindo-se Manteigas (7), Almeida (6), Fornos de Algodres (3), Figueira de Castelo Rodrigo (2) e Sabugal (1). O concelho de Mêda continua a não registar qualquer caso.

O documento enviado pela ULS da Guarda aos municípios aponta ainda para 10 profissionais de saúde infectados e 194 contactos em vigilância pela Unidade de Saúde Pública.

%d bloggers like this: