Missas regressam com menos fiéis e de máscara

Padre João Barroso esteve sempre de máscara durante toda a celebração

A distância entre fiéis, desinfecção antes e no final da missa e alguma ansiedade, mas sobretudo muita felicidade, marcaram hoje o regresso às celebrações religiosas em Alvoco da Serra com a paróquia de Nossa Senhora do Rosário a receber cinco dezenas de fiéis que quiseram regressar às cerimónias presenciais após três meses de confinamento devido à pandemia da Covid-19.

A entrada na missa, marcada para as 11:30, teve a particularidade de ser feita por uma porta diferente da dedicada à saída. No interior, os bancos estavam sinalizados e os circuitos de passagem esclarecidos pelas equipas de acolhimento.

Os modelos de regresso às celebrações religiosas têm em comum regras gerais, como o distanciamento de dois metros entre os participantes, o uso obrigatório de máscara, a desinfecção das mãos, a comunhão apenas na mão e o respeito pelos lugares assinalados nos bancos da igreja.

O padre João António Barroso presidiu a toda a celebração com a máscara, tendo referido no final da cerimónia que pretendeu «dar o exemplo», uma atitude bem acolhida pelos paroquianos.

Também durante a comunhão, o sacerdote comunicou à assembleia que circularia pelos corredores, não sendo necessário aos participantes formarem fila para receberem a comunhão do corpo de Deus.

%d bloggers like this: