Beiras e Serra da Estrela assinala reabertura de bibliotecas com “Saídos da Estante”

A Rede Intermunicipal de Bibliotecas das Beiras e Serra da Estrela vai assinalar, a partir de segunda-feira, «a fase de reabertura física» das bibliotecas do seu território com a iniciativa “Saídos da Estante”, foi hoje anunciado.

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE), com sede na Guarda, refere em comunicado que a iniciativa “Saídos da Estante” integra «um ciclo de vídeos de divulgação de autores de cada concelho, onde cada bibliotecário lê excertos de um texto previamente seleccionado, que serão publicados nas redes sociais de cada município».

«Esta iniciativa em rede vem, simbolicamente, comemorar a fase de reabertura física das bibliotecas da região CIM-BSE», refere.

Segundo a nota, as bibliotecas municipais das Beiras e Serra da Estrela «nunca fecham verdadeiramente as portas».

«E, mesmo quando as portas tiveram de estar fisicamente fechadas [devido à pandemia causada pela Covid-19], elaboraram alternativas por via digital, nomeadamente utilizando as redes sociais para levar até ao leitor oficinas, sugestões de leitura, passatempos, mostras dos “tesouros” que guardam, curiosidades da imprensa local, etc.», lê-se.

Como «espaço dinâmico», as bibliotecas da Rede Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela «continuam a promover e a preservar o livre fluxo de informação e ideias, trazendo uma nova dimensão às funções tradicionais das Bibliotecas Públicas», conclui o comunicado.

A CIM-BSE é constituída por 15 municípios: 12 do distrito da Guarda (Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Gouveia, Manteigas, Meda, Pinhel, Seia, Sabugal e Trancoso) e três do distrito de Castelo Branco (Belmonte, Covilhã e Fundão).

%d bloggers like this: