Diretora-geral da Saúde apela à leitura da imprensa

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, apelou à leitura da imprensa, nomeadamente da regional, voltando a dizer que «o risco da transmissão do vírus [da Covid-19] através do papel é muito pequeno».

Questionada pelo jornal regional As Beiras, na habitual conferência de imprensa diária sobre a situação pandémica, sobre os receios de cafés e outros estabelecimentos relacionados com a disponibilização de jornais e revistas aos clientes, Graça Freitas afastou o perigo de contaminação do papel.

«O risco é, de facto, baixo. Devemos continuar a ler, a utilizar o suporte papel», frisou, apelando directamente a cafés e outros estabelecimentos e instituições para «continuarem» a assinar a imprensa, nomeadamente a regional.

«Podemos continuar a ir às livrarias comprar livros, podemos continuar a ir às bibliotecas, podemos continuar a ler jornais ou revistas» em casa ou nos cafés ou noutros estabelecimentos, assegurou.

A diretora-geral sublinhou apenas que «cabe aos utilizadores terem algum cuidado no manuseamento» de jornais e revistas e cumprirem as «regras de higiene que deviam ter sempre, com Covid ou sem Covid».

%d bloggers like this: