Oliveira do Hospital redobra vigilância sobre a pandemia da Covid-19

Praias fluviais e outros espaços de recreio e lazer vão estar fortemente vigiados

Praias fluviais e outros espaços de recreio e lazer vão estar fortemente vigiados

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital está a redobrar a vigilância sobre a pandemia da Covid-19 durante os meses de Verão, por se tratar de um período do ano em que, normalmente, ocorre o regresso de muitos emigrantes e aumentam os fluxos turísticos.

Nesse sentido, a Câmara Municipal vai lançar uma campanha de sensibilização a apelar à população e aos visitantes para que cumpram com as regras de segurança recomendadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nomeadamente ao nível do uso de máscara, distanciamento social, higienização das mãos e etiqueta respiratória.

Sem novos casos de Covid-19 há mais de um mês e meio, o Município de Oliveira do Hospital quer «continuar a afirmar-se como um destino seguro», considerando para isso como fundamental que a população local e os visitantes tenham a máxima prudência e adoptem comportamentos responsáveis.

Em articulação com a Autoridade de Saúde Local, a Proteção Civil Municipal, o Gabinete de Gestão da Covid-19, a GNR e as Juntas de Freguesia, a Câmara Municipal vai estar especialmente atenta à realização de festas ilegais e a comportamentos que possam acarretar riscos para a saúde pública, assim como a ajuntamentos de pessoas que contrariem as recomendações da DGS.

Pretendendo assegurar um Verão em segurança, a Câmara Municipal montou um dispositivo de controlo que visa evitar a sobrelotação das praias fluviais e de outros espaços de recreio e lazer, congratulando-se por a maior parte das unidades de alojamento turístico do concelho estarem certificadas pelo Turismo de Portugal com o selo “Clean & Safe”.

Com vista a contribuir também para a segurança dos trabalhadores e cidadãos, no âmbito das recomendações da DGS para travar a Covid-19, a autarquia oliveirense tem estado a autorizar a criação e o aumento das áreas das esplanadas aos estabelecimentos de restauração e bebidas, mantendo a isenção de taxas pela ocupação do espaço público.

O Ppresidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, citado na mota de imprensa, sublinha que «só se vence esta guerra pela prevenção», dá as boas vindas aos emigrantes que regressam à sua terra Natal e a todos os cidadãos que escolhem este concelho como um destino turístico, mas apela ao cumprimento rigoroso das recomendações da DGS para travar a propagação da Covid-19.

O autarca salienta ainda que o Gabinete Municipal de Gestão da Covid 19, que está com a responsabilidade de assegurar o cumprimento das normas da DGS nas praias fluviais e noutras zonas de recreio e lazer, mantém-se activo e atento à evolução da crise sanitária, tendo inclusivamente uma linha telefónica de apoio ao cidadão (238 605268/9).

%d bloggers like this: